Qual a diferença entre anime e mangá

Compartilhe com amigos:

Uma das perguntas mais frequentes é qual a diferença entre anime e mangá. Apesar de ambos serem igualmente importantes na cultura Japonesa, os dois não são a mesma coisa. Resumindo, mangá é o nome referente às histórias em quadrinhos, enquanto anime é o nome dado à animação japonesa.

Anime e mangá na realidade são uma descrição de como o conteúdo é produzido. Eles compartilham muitas semelhanças entre si e a criação dos dois foi creditada a Osamu Tezuka, conhecido como “o padrinho do mangá” e também como “o Walt Disney Japonês”.

Para decidir qual é a sua preferência, primeiro você deve entender verdadeiramente o mangá  e o anime.

O que é Mangá?

Mangás são histórias em quadrinhos e não animações propriamente desenvolvidas. Diferente do anime, o mangá costuma ser publicado em preto e branco.

Por quê Preto e Branco?

Porque geralmente são publicados semanalmente e imprimi-los em cores elevaria demais o custo de produção final.

O mangá geralmente é muito barato para ser publicado e exige apenas um pequeno número de artistas para ser criado. Na verdade, precisa de apenas um artista, o mangaká, que geralmente é o autor e o ilustrador, que também pode fazer algumas atividades no processo de publicação.

O que é Anime?

No Japão, o termo anime é utilizado para se referir a todas as animações produzidas, assim como o cartoon em inglês. Porém em alguns países, o termo anime ficou associado exclusivamente à animação japonesa.

Existem algumas pessoas que dizem que o termo anime pode estar associado à animações que não vem do Japão. Embora tecnicamente possa ser verdade isso, anime, pelo menos na língua inglesa, tornou-se sinônimo de animações Japonesas.

Anime possui características visuais distintas para todos os seus personagens e usa propositalmente um estilo limitado de movimentos. No Ocidente, a maioria das animações são desenhos animados usados para contar histórias infantis, mas o anime geralmente envolve enredos complexos e personagens com temas adultos.

O Mangá pode ser mais Original do que o Anime

O mangá é considerado por algumas pessoas mais original artisticamente do que o anime, da mesma forma que os livros são para os filmes. Ou seja, isso acontece  porque a maioria dos mangakás escrevem apenas o conteúdo original e muitos começam suas próprias publicações. Na verdade, essas publicações são conhecidas como doujinshi, e são muito populares. Diferente do mangá, muitos animes são baseados em histórias pré-existentes. Isso acontece porque é mais barato se adaptar um trabalho já existente do que criar um novo enredo completamente original. Além disso, as adaptações são consideradas um investimento mais seguro, porque o trabalho original já foi produzido e aceito no mercado.

O mangá é um método muito mais rápido de ser publicado se compararmos com o anime. Uma única edição de um mangá pode ser escrita, desenhada e publicada em uma única semana. Agora, uma série de anime geralmente leva meses de preparação e de trabalho para ser produzida.

Qual é a melhor: Mangá ou Anime?

É Impossível definir. Depende de cada pessoa e da cada história. Os dois estão intimamente interligados, já que muitos mangás são transformados em anime, assim como Black Butler, Attack on Titan e Dragon Ball, que gerou a série de anime Dragon Ball Z.

Apesar de nenhum deles fazerem parte de um gênero, as histórias em quadrinhos japonesas e suas animações são totalmente distintas. Muitos gostam do mangá, e muitos gostam de anime. Uma coisa é certa, tanto o mangá quanto o anime são incrivelmente populares no Japão e no mundo.

Compartilhe com amigos: